Make your own free website on Tripod.com

 Êxodo 20.7   (2º Mandamento)

A GRAÇA DO SR. JESUS CRISTO, O AMOR DE DEU SO PAI E A COMUNHÃO DO E.S. SEJAM COM TODOS VOCÊS. Amém.

Quando encontramos uma pessoa, a gente cumprimenta, dizendo "bom dia", "boa tarde", "boa noite"...

Quando sabemos o NOME da pessoa, normalmente a gente cumprimenta dizendo o nome junto: "Bom dia, José!"

Se dizemos o nome da pessoa, então é sinal que CONHECEMOS esta pessoa. É amiga! Está perto...

Assim também com Deus. Quando dizemos o nome de Deus, mostramos que ele é nosso AMIGO, e está perto de nós.

O NOME IDENTIFICA: Quando nascemos, escolheram um nome para nós. Este está em nossa certidão de nascimento... O teu nome foi dito quando foste batizado... Este nome mostra que somos diferentes! O nome nos identifica! Quem quer falar conosco, nos chama pelo nome!

Com Deus também é assim. Ele também tem um nome. Se quisermos falar com ele, dizemos o seu nome: DEUS. Mas Deus tem ainda outros nomes: Senhor, Pai, Javé, Espírito... O nome de Deus aparece exatamente 11.913 vezes (na tradução de João F. de A.).

Na Bíblia tem uma passagem onde Moisés pergunta a Deus qual é o seu nome, e Deus responde: "Eu sou o que sou" (Ex 3.14). - Isso significa que Deus está aí, a nosso favor, e podemos contar com ele a qualquer momento; em todas as situações e dificuldades podemos chamar a Deus. Não precisamos estar na igreja para usar o nome de Deus.

Muitas vezes se pensa que não se deve dizer: "Ah, meu Deus." Mas vejam o seguinte: Quando você está descascando batatas e de repente se corta o dedo, o dedo começa a sangrar e a doer, você grita: "Ai, meu Deus." - No fundo, esse grito é como uma pequena oração. Nesses casos, nós podemos usar o nome de Deus sim.

Outro exemplo: Quando alguém morre, muitas vezes ouvimos pessoas dizendo: "Por que teve que acontecer isso, meu Deus?" - Não é assim que a pessoa está abusando do nome de Deus. Na sua DOR, na TRISTEZA, a pessoa está se dirigindo a Deus! E isso é ORAÇÃO. Isso nos é permitido fazer. Até Jesus disse, ao sofrer abandonado na cruz: "Meu Deus, meu Deus, por que me desamparaste?"

Esses exemplos querem nos mostrar que NÃO DEVEMOS TER MEDO DE USAR O NOME DE DEUS. Na dor, na necessidade, nos momentos de aflição, mas também na alegria, nós podemos e até devemos chamar Deus. Mesmo quando não estamos na igreja.

Mas então, o que significa o segundo mandamento? - Vamos ver as expressões usadas no 2º mand.:

"Tomar em vão" significa USAR O NOME DE DEUS SEM SENTIDO, ABUSAR do nome de Deus.

"Ter por inocente" significa DESCULPAR. Então o mandamento nos quer dizer que, se alguém abusar do nome de Deus, Deus não vai desculpá-lo, mas vai castigá-lo (conseqüências).

Mas quando a gente usa o nome de Deus em vão?!

Vamos ver alguns exemplos:

JURAR: Joãozinho queria ir ao cinema, mas não tinha dinheiro. Quando ninguém estava vendo, ele tirou algum dinheiro da carteira do pai. - De noite, o pai notou que faltava dinheiro, e quis saber quem foi. Chamou Joãozinho e perguntou; foi você que tirou o dinheiro? - Joãozinho disse: NÃO!! - O pai não acreditou e perguntou novamente: "Não foi você mesmo?" - E dessa vez Joãozinho respondeu: "Juro por Deus que não fui eu." Aqui Joãozinho usou o nome de Deus para esconder o roubo. Usou o nome de Deus para fazer o mal, e para proteger-se. Vejamos Levítico 19.12.

MENTIR / ENGANAR: Dona Joana foi fazer compras no armazém. Ela queria comprar ovos, mas ficou desconfiada que os ovos fossem velhos. E perguntou: "Esses ovos são bons?" O comerciante José, também era da comunidade. Mas, ele sabia que os ovos eram velhos, e mesmo assim disse: "Sim, vieram hoje pela manhã!" - Dona Joana disse: "É mesmo?" - E o comerciante dessa vez respondeu: "Sim, por Deus!" - Aqui vemos que o comerciante José, membro da mesma comunidade da Dna. Joana, usou o nome de Deus pra enganar. Isso é tomar o nome de Deus em vão. - Assim, muita gente por aí usa o nome de Deus, ou até mesmo um FACHADA DE CRISTÃO para enganar pessoas. Às vezes de formas sutis, até mesmo usando a Palavra de Deus tem gente enganando pessoas para ganhar dinheiro; usam a PALAVRA e o NOME de Deus em benefício próprio. Em Oséias 6.6 Deus diz: "Misericórdia quero, e não sacrifícios..."

AMALDIÇOAR: Às vezes acontece que dois bons vizinhos brigam. E ficam brigados por muito tempo. E dentro de sua raiva, um roga praga para o outro dizendo: "Tomara que Deus faça ele perder tudo o que ele tem." - Também nesse caso o nome de Deus é usado sem sentido. Nesse caso o nome de Deus é usado para AMALDIÇOAR alguém, e isso é usar o nome de Deus em vão. - Jesus diz: "Amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam." (Lucas 6.27) E em Romanos 12.14, Paulo diz: "abençoai aos que vos perseguem; abençoai e não amaldiçoeis."

Nós não precisamos usar o nome de Deus para JURAR em falso, MENTIR, ENGANAR E AMALDIÇOAR. Deus quer o bem, não só o nosso bem, mas o bem de todo o povo!

Com o 2º mandam. Deus me liberta da raiva, da mentira e da ganância, a fim de poder AMAR e PERDOAR o outro, na certeza de que em qualquer momento da vida a gente pode CHAMAR e contar com Deus: Salmo 50.15: "Invoca-me no dia da angústia: eu te livrarei, e tu me glorificarás."

Amém.