Make your own free website on Tripod.com

 

O Pão nosso de cada dia nos dá hoje

(Mateus 6.11)

O SENTIDO DESTA PRECE. O PORQUE DE PEDIRMOS O PÃO. - Por que Jesus nos ensinou a pedir pelo PÃO? - Segundo M. Lutero, o sentido desta prece é o de recebermos o nosso pão com AGRADECIMENTO, e de RECONHECERMOS Deus como sendo o doador das dádivas que recebemos. - AGRADECER e RECONHECER = Confissão de fé. - Saber e confessar que o pão / nosso sustento não depende somente de nós mesmos.

A questão do pão e da fome não são questões secundárias! Jesus nos mostra que a Palavra de Deus aborda com muita seriedade...

Deus conhece as necessidades das pessoas em relação à alimentação e sustento!! :Gn 1.29 – "...isso vos será por mantimento".

Ex 16 – Maná e codornizes

1 Rs – Elias e a viúva...

No N.T.: Quando Jesus ressuscita a filha de Jairo (Lc 8.55), ele não faz um culto de agradecimento e nem manda cantar um hino de louvor (!) mas ele simplesmente diz: "dai-lhe de comer".

"Bem aventurados os que passam fome..."

Sem esquecer a multiplicação dos pães... Jesus muitas X repartir.

Esses exemplos e muitos outros retratam o CUIDADO de Deus para com aqueles que passam fome.

MAS, O QUE É O PÃO DE CADA DIA??? – Lutero lembra que "o pão é tudo o que pertence ao sustento e às necessidades da nossa vida" - pedimos tudo o que necessitamos: Desde a comida e a bebida, família, o trabalho, a saúde, até o bom tempo, amigos leais, bons vizinhos e um bom governo. - Um horizonte muito grande diante de nós, que inclui a vida nos LARES, a vida econômica e política. - Orar pelos governantes. - PÃO também é a própria Palavra de Deus (MEL {Sl 119.103}) , o sustento espiritual.

E mais: quando falamos no PÃO, não podemos esquecer daquele que disse: "Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome". - Ou seja, PEDIMOS PELA PRESENÇA DO PRÓPRIO CRISTO EM NOSSAS VIDAS.

RESUMINDO: O que é que nós pedimos nesta prece "O PÃO NOSSO DE CADA DIA DÁ-NOS HOJE"?! - Pedimos pelo pão MATERIAL (que sustenta a vida material) e também pelo pão ESPIRITUAL (o pão que nos garante a vida eterna).

Não pedimos pelo pão individual - o meu pão - mas o NOSSO; pedimos pelo pão de TODA A HUMANIDADE !! - Nós podemos ter uma idéia da dimensão do que estamos pedindo, se levamos em conta que 2/3 da humanidade hoje é de SUBNUTRIDOS; e que na política internacional, uma das armas mais poderosas é o pão, a contensão de comida.

ESTAMOS PEDINDO O ESSENCIAL PARA A VIDA. Pedimos o que cada pessoa necessita para viver uma vida digna. Não estamos pedindo riquezas e nem exageros. E diariamente devo me lembrar que Jesus ensinou que o homem não vive para comer, mas come para viver. - Não vivemos para o trabalho (visão egoística); trabalhamos p/ viver! E isto tem um sentido comunitário belíssimo. Porque se eu trabalho pelo pão-de-cada-dia, e peço a Deus em oração pelo pão-de-cada-dia, isto significa que nem mesmo o trabalho não é propriedade minha (!), justamente pelo contrário: ATÉ O MEU TRABALHO É UM INSTRUMENTO NAS MÃOS DE DEUS.

Jesus quer nos conscientizar que, se é pelo nosso pão que pedimos, então ao mesmo tempo nós assumimos também uma POSTURA diferente; uma RESPONSABILIDADE para com as pessoas = REPARTIR (?)

Mt 25 – "Tive fome e me destes de comer; tive sede...; era forasteiro...; estava nú...; doente e me visitastes..."

REPARTIR: Talvez se Jesus falasse diretamente para nós hoje, ele acrescentaria o seguinte: "...assim como também nós repartimos o pão com os famintos" (Gottfried Voigt).

Jesus usou justamente a figura do pão REPARTIDO para descrever a sí mesmo!! Ele disse "Eu sou o pão da vida, o que vem a mim jamais terá fome..." .

Santa Ceia - no repartir, perdão - graça - aceitação.

A partir da Santa Ceia, Jesus Cristo dá um brilho muito especial sobre o pão. - Há um antes e um depois no ato de repartir o pão da Ceia. Ou seja, a Palavra de Deus hoje nos faz refletir da seguinte forma: Em comunidade, pedimos juntos pelo pão-NOSSO-de-cada-dia. Em contrapartida, Deus tem abençoado o trabalho (ganha-pão) de muitos membros desta comunidade. A questão é: Como continua a nossa vida DEPOIS de recebermos o pão que vem de Deus? - É MEU DESEJO QUE ELA SEJA DIFERENTE. Amém.