Make your own free website on Tripod.com

 

    Mãos à Obra

LEMA: 1Jo 4.19 – "...porque Deus nos amou primeiro"

E Mt 20.28 - "Tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos."

"...porque Deus nos amou primeiro" = mola propulsora / motivação é o AMOR de Deus.

Quando a gente lembra que Deus nos amou primeiro (através da CRUZ de Cristo), e que Deus nos amou primeiro através do BATISMO quando ainda não sabíamos de nada ele nos aceitou... ...por amor, - aí a gente tem motivos para levar adiante o amor de Deus.

Existem muitos trabalhos sociais por aí... muitas coisas bonitas que se faz através de clubes ou associações... Mas a questão é: o que motiva esta gente? O que empurra muitas pessoas a juntar meia dúzia de roupas velhas pra doar aos pobres? - DESENCARGO DE CONSCIÊNCIA; MODA / PRESTÍGIO... AUTO-PROMOÇÃO... Afinal, no mundo é assim! Mas, se queremos ser discípulos de Jesus, esses critérios, essas motivações não valem nada. = moralismo barato = fogo de palha (logo desistem, por causa das dificuldades).

No evangelho de Mateus cap. 20, acontece algo parecido com dois discípulos de Jesus. O Tiago e o João, estavam ali, ao lado de Jesus, servindo, aprendendo, seguindo seus passos... Mas, eles tinham uma 2a intenção. Coincidentemente ou não, eles eram primos (parentes) de Jesus. De repente chega a mãe de Tiago e João, e faz um pedido a Jesus! Ela pede: Jesus, no reino dos céus, dá um jeitinho de colocar meus dois filhos, um à tua direita e outro à tua esquerda. - Eles eram discípulos por que queriam um lugar de destaque / auto-promoção.

- Mas, o mais interessante é, que Jesus não rejeita esses discípulos pretensiosos, mas ele chama todos e diz: "No mundo é assim como vocês fazem; mas eu quero que entre vocês seja diferente. No Reino de Deus, quem quiser ser o 1o, que sirva a todos, assim como eu, que não vim para ser servido, mas para servir e dar a minha vida por muitos."

JESUS DEU A SUA VIDA POR NÓS, e é isso que ele espera que façamos por outros também.

- João 14.24 Jesus diz: "Se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, produz muito fruto." Nós somos como grãos de trigo... Se o grão de trigo quer DESTAQUE, se o grão de trigo quiser proteger a sua vida, SEM SE MISTURAR NA MASSA, ele morre sozinho e não serve para nada. Mas, se o grão se entrega para um objetivo maior e se ENTREGA para a massa, vai ajudar a matar a fome de muita gente. - Ele mesmo, Jesus foi como um grão de trigo, que deu a sua vida para saciar a fome de muita gente. Jesus morreu para dar VIDA para muita gente.

É por isso que ele mesmo também diz: "Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome... (Jo 6.35).

Na mesa da Santa Ceia Jesus quer saciar a nossa fome e sede de VIDA. Depois, servidos e amados por ele, nós temos duas mãos livres para servir, para repartir e para amar outras pessoas.

Aí entramos na missão de Deus, que é missão de saciar a FOME DE VIDA. De Cristo, nós recebemos a motivação / o exemplo para a missão (curar, matar fome, ajudar desprezados, reintegrar afastados).

Mas esta missão é tão ampla, que ultrapassa a capacidade de apenas duas mãos!

Deus quer usar todas as nossas mãos: as minhas, as tuas, as nossas mãos. Por mais insignificantes que possam parecer as tuas mãos, juntemos as nossas mãos, nossos saberes, jeitos, esforços. A obra é tão grande, que tem lugar para todas as mãos!

Por isso: MÃOS À OBRA.

Amém.