Make your own free website on Tripod.com

(João 7.37-38)   Ap 21.6      CONFIRMAÇÃO 1999 – Brusque

A GRAÇA DO SR. JESUS CRISTO, O AMOR DE DEUS O PAI E A COMUNHÃO DO E.S. SEJAM COM TODOS NÓS. Amém.

Gostaríamos de refletir hoje, sobre a passagem de Ap 21.6, onde diz: "Eu, a quem tem sede darei de graça da fonte da Água da Vida."

Diante de nós, aqui ao lado do púlpito, vemos uma roda d’água. É possível que todos nós já tenhamos visto uma roda d’água funcionar. Ela é usada para diversas finalidades, como p.ex.: Uma roda d’água pode gerar energia elétrica ligada a um gerador... Com uma canaleta acoplada à roda, é possível levar água para animais, irrigar hortas, jardins e para uso doméstico... Uma roda d’água até pode movimentar toda uma oficina (!), assim como tinha o meu bisavô quando veio ao Brasil. - No entanto, a fim de que tudo isso funcione, fundamentais são as conchas / caixinhas da roda. A água corrente cai nas conchas, fazendo a roda movimentar-se sobre o eixo, e assim a roda pode movimentar geradores, ou até mesmo levar esta água adiante. As conchas ficam cheias de água, e, ao girar da roda, estas conchas despejam a água na canaleta num processo contínuo. E cada concha colabora neste processo.

No culto de confirmação, nós queremos comparar a roda d’água, e sua principal função de receber e levar a água adiante, com a comunidade de Jesus Cristo, e nossa principal tarefa como membros da Igreja.

Neste sentido, quando falamos em Água da Vida, vem à nossa mente as águas do Batismo, as quais nos tornaram filhos/as de Deus. E pensando na água também lembramos do Evangelho, o Evangelho que é a água que mata a sede. O Evangelho é a água que mata a sede de justiça, a sede de paz, de descanso, sede de uma vida melhor. Entretanto, na maioria das vezes, nós membros da Igreja de Jesus Cristo, estamos semelhantes à esta roda d’água; ou seja, estamos parados, estáticos, assim como está esta roda. - Se queremos ser membros verdadeiros, é imprescindível integrarmos ativamente na comunidade de Jesus Cristo. Ele vem a nós para saciar as nossas sedes. - O problema é que ignoramos, na maioria das vezes, a fonte maravilhosa da Água da Vida! Muitas vezes nós queremos ser uma concha da roda, FORA da roda (!), o que é impossível! Nos esquecemos que cada um de nós é uma concha / caixinha nesta roda viva! Assim, cada um de nós tem um papel fundamental na vida da comunidade. Não adianta dizer que a comunidade é fria, é parada, estática ou antiquada, e não contribuir em nada. Pois cada um de nós tem a sua responsabilidade. Ou, até melhor dizendo, sendo conchas na roda da comunidade, nós todos juntos temos uma responsabilidade. Cabe a cada um de nós participar ativamente de sua comunidade, e ser uma concha fiel. Realmente sentir-se parte da comunidade.

Vivendo como membros ativos na comunidade, e com corações e mentes abertas para Deus, nós permitimos que a sua Palavra nos contagie e cative. Assim como a força da água bate nas conchas fazendo a roda girar, semelhantemente a Palavra de Deus bate em nosso coração e mente, fazendo com que nos tornemos ativos na comunidade de Jesus Cristo. (Palavra = poço que jamais seca)

Caros confirmandos: A confirmação não é uma formatura, mas é o convite alegre e cativante que quer motivar vocês a serem estas conchas aqui na comunidade. Não abandonem a comunidade de vocês. Vocês são parte desta comunidade! A confirmação, é gratidão ao bondoso Deus por tê-los feito filhos dele a partir das águas do Batismo. - Após este tempo de preparo no Ensino Confirmatório, Deus espera que vocês se integrem nesta roda, sejam conchas fiéis, e ajudem a tornar a comunidade cada vez mais viva e ativa. A confirmação é o ato de dizer "obrigado Deus, por este convite, eu assumo com alegria o compromisso de integrar-me na comunidade". A confirmação é o ato de dizer diante de Deus e diante do mundo: "sim, eu quero saciar a minha sede com a Água da Vida".

Como membros da Igreja de Jesus Cristo, somos co-rresponsáveis pelo bom funcionamento desta roda viva, a comunidade. E por isso eu lhes pergunto caros confirmandos: Afinal, qual é a verdadeira intenção de vocês?! É confirmar-se para de uma vez por todas abandonar a fonte da Água da Vida?? Ou vão integrar-se ativamente em atividades oferecidas pela comunidade e, assim como diz a palavra do Evangelho, "fluir rios de água viva"? (Silêncio - participação dos confirmandos: Aqui cada confirmando diz "QUERO SER CONFIRMADO PARA...").

Que gesto bonito este! Esperamos que o discurso seja conivente com a prática de vocês. Se cada um assume a sua função de concha, aí sim, a comunidade não será uma roda parada, estática. A palavra de Deus, enchendo os corações de vocês, vai tornar esta comunidade uma roda viva! (ligar a roda)

Sim, a comunidade cristã não é parada não, mas é o lugar onde cada membro busca sempre e novo matar a sua sede com a Água da Vida. A comunidade é o lugar de onde o membro leva desta água para saciar a sede de outras pessoas! O membro leva desta água para ajudar a lavar a sujeira do mundo. Leva desta água para irrigar o solo da vida, a fim de que germine, floresça e frutifique o AMOR, a PAZ, a JUSTIÇA, a VERDADE, a SOLIDARIEDADE e a FRATERNIDADE. - Vejam que coisa linda!! Jesus Cristo diz: "Eu, a quem tem sede darei de graça da fonte da Água da Vida.".

O Espírito Santo age, e faz com que nós nos movimentemos em conjunto, não só para saciar a nossa sede, mas também para levar desta água para outras pessoas, e indicar-lhes o endereço da fonte. Aquele que experimenta saciar a sua sede com a Água da Vida, aquele que mata a sua sede com o Evangelho e com a solidariedade da comunidade, este é cativado a sempre de novo voltar à fonte! Assim como as conchas que voltam sempre de novo, no girar da roda, e são abastecidas com a água. E assim como a concha não faz esforço nenhum para ser enchida, mas é abastecida pelo fato de estar na roda, assim também ao cristão: Basta permanecer ligado à comunidade e será abastecido com a Água da Vida. É com a Água da Vida que Jesus sacia a nossa sede, e nos anima a levá-la adiante. As pessoas que experimentam o sabor e o frescor da Água da Vida são cativadas a sempre de novo voltarem à fonte e tornarem-se AUXILIARES nesta tarefa de lançar desta água ao mundo. É assim que a Igreja torna-se cada vez mais ativa, dinâmica, participativa, acolhedora e solidária.

O tema de nossa Igreja diz: É TEMPO DE LANÇAR... Caros confirmandos, A fim de construir um mundo melhor, Deus espera a nossa ajuda, o nosso auxílio. O tempo de ajudar é agora! Por isso eu convido vocês a darem as mãos e dizerem à comunidade, em forma de testemunho que tempo é esse que Deus nos oferece? (Confirmandos respondem: É TEMPO DE LANÇAR ÁGUA DA VIDA!).

Amém.

(P. Renato Creutzberg)